• PT/BR
  • ENG/US
Alto Contraste + Aumentar fonte - Diminuir fonte

O nome Iara está associado a uma lenda do folclore brasileiro – a de uma bela sereia que vive em águas amazônicas. E, a partir de agora, representa também a maior infraestrutura de Inteligência Artificial (IA) da América Latina: o IARA Lab.

O coração é o primeiro supercomputador do Brasil concebido para contribuir na aceleração de projetos de pesquisa e desenvolvimento de soluções de IA. Construído em parceria com a Samsung, a partir de recursos da Lei da Informática, o novo supercomputador conta com tecnologia da NVIDIA Enterprise, empresa que inventou a GPU (unidade de processamento gráfico) e revolucionou a computação paralela. Sua capacidade é de 125 petaflops de desempenho, o que equivale a 2 milhões de notebooks trabalhando em conjunto.

“A nuvem privada de IA do SiDi pode executar milhares de simulações e analisar milhões de pontos de dados em uma fração do tempo”, afirma John Yi, superintendente do SiDi. “Com isso, esperamos transformar a experiência dos clientes com uma nova geração de aplicações e soluções inteligentes. Isso seria impossível sem a existência de um ambiente distribuído e totalmente automatizado”, enfatiza.

Instalado em um data center em São Paulo, o supercomputador ocupa uma área de 100 metros quadrados e já está em atividade. Possui 25 sistemas NVIDIA DGX A100 interconectados em uma rede NVIDIA Mellanox InfiniBand, que oferecem uma capacidade equivalente à de 8,7 milhões de smartphones atuais. E ainda 1,5 petabytes de armazenamento, baseado na tecnologia Flashblade da Pure Storage, com capacidade de suportar o desempenho computacional da plataforma DGX e as necessidades do projeto. A interconexão NVLink e o suporte da NVIDIA para padrões de rede corporativa com largura de banda máxima auxiliam na latência reduzida. Isso permite que os clientes acessem rapidamente várias GPUs dentro da nuvem de IA do SiDi.

“A construção de nossa infraestrutura de IA com NVIDIA DGX nos proporcionou recursos internos semelhantes aos oferecidos no mundo pelos maiores provedores de serviços de nuvem, com algumas economias significativas no custo total de propriedade”, ressalta John Yi. “Esse é mais um passo do SiDi para se tornar um centro de excelência em projetos com Inteligência Artificial, processamento natural de linguagem e machine learning. A parceria com a Samsung e com NVIDIA garantirá ao SiDi uma posição de destaque no universo de Computação de Alto Desempenho (HPC)”, conclui.

#SejaSiDier

Faça parte do nosso universo tecnológico
Trabalhe no SiDi
Top